Wayco ® revoluciona processo de criação de conteúdo EAD no Brasil

Wayco ® revoluciona processo de criação de conteúdo EAD no Brasil

1773
0
SHARE

Ferramenta será lançada pela FabriCO, maior produtora de conteúdo para ensino a distância do país, no 21° Ciaed (Congresso Internacional Abed de Educação a Distância), de 25 a 29 de outubro em Bento Gonçalves (RS)

A educação a distância é a modalidade de ensino que mais cresce no Brasil e é neste cenário que a FabriCO se consolida como a maior produtora de material didático EAD no país.  A empresa, que cria soluções completas para este segmento, irá lançar, no próximo dia 25, a Wayco ®, uma solução inovadora, que promete transformar o processo de criação de conteúdo EAD. O recurso personaliza o material didático com velocidade, utilizando uma rede global de autores conectados com a atualidade, o que garante os objetivos de aprendizagem do aluno. O lançamento será realizado no 21º CIAED, (Congresso Internacional Abed de Educação a Distância), em Bento Gonçalves (RS).

A Wayco® compara os objetivos de aprendizagem demandados com o material do banco de conteúdo. Se estiverem alinhados, o conteúdo da disciplina (impresso, online e banco de questões) será personalizado para a Universidade. Caso o banco de conteúdo não esteja de acordo com a demanda, a plataforma dispara um alerta para milhares de autores conectados que, imediatamente, passam a produzir as soluções alinhadas às particularidades de suas disciplinas e focadas no seu público-alvo. Dessa forma, a produção, gestão e validação de conteúdos são otimizadas, permitindo uma entrega rápida, flexível e aderente à capacidade de investimento do cliente.

A FabriCO é referência no mercado pela agilidade, capacidade de entrega e qualidade de seus serviços. A empresa conta com mais de 600 profissionais capacitados em diversas áreas de conhecimento que produziram em 2015 o equivalente a 20 mil horas aulas, somando 50 mil páginas de e-books, 27 mil telas de HTML, 750 vídeoaulas e 400 games.

A FabriCO

A FabriCO surgiu há 16 anos da inspiração de um grupo de pessoas em inovar e criar novos meios de compartilhar conhecimento. Começou na incubadora do MIDI Tecnológico de Florianópolis e em 1999 inovou ao desenvolver o primeiro sistema de gestão de aprendizagem LMS com suporte SCORM do Brasil e criar a primeira solução de educação a distância integrada à gestão do conhecimento.

A partir de 2006 a empresa passa a ter como carro-chefe soluções completas para e-learning, atendendo mais de 100 clientes nos segmentos da indústria, educação, serviços e governo, com alto índice de satisfação.

Atualmente a empresa foca nas instituições de ensino superior, para quem já  produziu  mais de 57 mil horas de conteúdo. Em seu portfólio estão clientes como SENAI, Laureate, Universidade Positivo, Devry, FAEL, Estácio, SOCIESC, Univel, Fundação Bradesco, entre outros.

Ensino EAD no Brasil 

Na era da tecnologia, os cursos a distância permitem ao estudante se formar sem sair da cidade onde vive ou até mesmo conciliar o trabalho com os horários das aulas, abrindo a oportunidade para a aprendizagem, através de uma educação flexível. “O material didático assume um papel de destaque neste cenário uma vez que é mais fácil produzir um material que efetivamente ensine o aluno do que tentar que a tutoria faça as vezes de professor em sala de aula”, ressalta Norton Moreira, CEO da FabriCO.

Ao longo do ano passado, 2,5 milhões de brasileiros fizeram cursos a distância, de acordo com dados do anuário da ABED. Esse número inclui estudantes ligados a universidades e outras instituições de ensino ou que mantenham projetos com abrangência nacional. Considerando-se apenas o ensino curricular, do fundamental à pós-graduação, o número de matrículas realizadas no ano passado foi de aproximadamente 973 mil, quase o dobro em relação às 575 mil do ano anterior e quase nove vezes mais que as 120 mil registradas cinco anos atrás.

Vários fatores têm impulsionado o aumento de matrículas em EAD no Brasil, estando entre os mais importantes a inclusão digital e as facilidades do uso da internet. Outros atrativos como a flexibilidade de horários, economia de tempo e mensalidades mais baratas são fatores que tem atraído milhares de estudantes para esta modalidade de ensino.

Os programas do Governo Federal que incentivam o ingresso às universidades  também tem colocado a educação a distância como uma possibilidade, já que o Programa Universidade para Todos (ProUni) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB) oferecem cursos na modalidade EAD. O reconhecimento dos cursos pelo MEC, que classificam o diploma do presencial e do EAD com o mesmo peso, tem favorecido o ingresso de alunos na modalidade.

Tatiane Silva, Fábrica de Comunicação

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY