Feira de Ciências Google 2013

Já foram abertas as candidaturas para a terceira edição da Feira de Ciências Google, uma competição global online aberta a estudantes de todo o mundo, entre os 13 e os 18 anos de idade. A iniciativa tem como principal objectivo encontrar a nova geração de cientistas e engenheiros que ajudem a mudar o mundo através de ideias inspiradoras.
As candidaturas estão abertas até ao próximo dia 30 de Abril.
A iniciativa do Google, em parceria com o CERN, Grupo LEGO, National Geographic e a Scientific American, contou na edição anterior com projectos que abordam temas como o diagnóstico precoce do cancro da mama ou a catalogação de ecossistemas aquáticos. Entre os prémios da competição destacam-se bolsas de estudo, viagens e experiências com os parceiros da iniciativa para os estudantes e ainda prémios para as escolas dos vencedores.
As candidaturas podem ser apresentadas em 13 línguas, entre elas o Português, e o prazo para apresentação de candidaturas termina no dia 30 de Abril. Em Junho serão conhecidos os 90 finalistas regionais.
Os 15 melhores irão participar na final que decorrerá em Setembro na sede da Google na Califórnia.
Pais e professores são convidados a participar ativamente nesta iniciativa, apoiando filhos e alunos na elaboração dos projetos.

Feira ciencia 2013

Prémios:

O Prémio Principal é constituído por:

  • Uma viagem de 10 dias para as Ilhas Galápagos com a National Geographic Expeditions;
  • Financiamento educacional de 50 mil dólares;
  • Experiência prática numa das três organizações financiadoras do projeto: LEGO, CERN ou Google;
  • Prémio personalizado da LEGO;
  • Acesso digital gratuito aos arquivos da Scientific American para a sua escola durante um ano;
  • Um prémio no valor de 10 mil dólares para a escola investir como quiser.

Os finalistas premiados deste ano terão a oportunidade de conhecer melhor o Google, o CERN ou a LEGO, e ganharão bolsas de estudos de 25 mil dólares, entre outros prémios incríveis.

Outros Prémios:

Ciência em Ação

A Scientific American concederá um financiamento de 50 mil dólares e um ano de orientação ao vencedor do prémio Ciência em Ação. Estes prémios têm como objetivo ajudar o vencedor a continuar a sua pesquisa e a desenvolver seu projeto. O vencedor, juntamente com um dos pais ou responsável, juntar-se-á aos 15 finalistas na sede do Google, em Mountain View, Califórnia, para apresentar o seu projeto aos juízes e receber o prémio.

Celebre a Escola

Uma doação no valor de 10 mil dólares para a sala de informática ou para equipamentos do laboratório de ciências.

Ideia Inspiradora

O Prémio Ideia Inspirada será dado ao projeto com o maior potencial de mudar o mundo e decidido por votação do público. A votação acontecerá de 1º a 30 de agosto de 2013.

Fonte: Feira de Ciências Google

Página de Eventos TIC

Criamos uma nova página no blogue, intitulada “AGENDA TIC“, destinada a divulgar reuniões, congressos, seminários e outro tipo de eventos relevantes  que possam interessar aos professores TIC. O sucesso da página vai depender, no entanto, da colaboração dos visitantes do blogue que são convidados a enviarem-nos informações para que as possamos colocar no calendário.

Contamos com a colaboração de todos.

Envie-nos um email para o seguinte endereço: professorwebtic@gmail.com

 

 

10 sites fundamentais para qualquer professor

1o sites fundamentais para professores corresponde a uma escolha sobre o que de mais significativo existe em Portugal em matéria de recursos educativos online. Da Ministério da Educação às universidades, passando por algumas associações profissionais, as nossas 1o escolhas procuram fornecer um leque alargado de espaços virtuais onde os professores podem, de forma livre e gratuita, aceder a um vasto conjunto de conteúdos e espaços de discussão. A não perder.

1 — TIC na Educação

01tic educa

Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas / Plano Tecnológico da Educação (ERTE/PTE) é uma equipa multidisciplinar, à qual compete genericamente conceber, desenvolver, concretizar e avaliar iniciativas mobilizadoras e integradoras no domínio do uso das tecnologias e dos recursos educativos digitais nas escolas e nos processos de ensino -aprendizagem, incluindo, designadamente, as seguintes áreas de intervenção:

  1. Desenvolvimento da integração curricular das Tecnologias de Informação e Comunicação nos ensinos básico e secundário;
  2. Promoção e dinamização do uso dos computadores, de redes e da Internet nas escolas;
  3. Concepção, produção e disponibilização dos recursos educativos digitais;
  4. Orientação e acompanhamento da actividade de apoio às escolas desenvolvida pelos Centros de Competências em Tecnologias Educativas e pelos Centros TIC de Apoio Regional.

2 — Biblioteca Digital do Ministério da Educação

02biblioteca digital
A Biblioteca Digital é composta essencialmente pelos recursos editados pela DGIDC – Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular e pelas Direções-Gerais que a antecederam, e tem como principal objetivo a disponibilização de obras integrais, para leitura gratuita.

3 — Biblioteca Digital da Universidade do Minho

03Uminho bibli
A Biblioteca Digital engloba um relevante conjunto de recursos bibliográficos de suporte às actividades de ensino, investigação e aprendizagem:

  • Catálogo: permite efectuar pesquisas bibliográficas no fundo documental dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. É possível saber no momento se o documento que procura está disponível na estante, efectuar online um pedido de reserva, em caso de indisponibilidade, e renovar o prazo dos empréstimos efectuados.
  • RepositóriUM: repositório institucional das publicações produzidas no âmbito da actividade científica e académica da Universidade do Minho. O objectivo do RepositóriUM é armazenar, preservar, divulgar e dar acesso à produção intelectual da Universidade do Minho em formato digital e maximizar a visibilidade, uso e impacto da sua investigação através do Acesso Livre.
  • Portal b-on: ferramenta de pesquisa de informação científica, que facilita a pesquisa simultânea em diversos recursos informativos assinados pelo consórcio nacional b-on.
  • Bases de dados: lista dos recursos bibliográficos pesquisáveis via Web, como bases de dados de referência bibliográfica, de texto integral, editoras de revistas, colecções de ebooks, obras de referência. Inclui recursos subscritos de acesso restrito à rede UMinho e recursos de acesso livre na web seleccionados pelos SDUM.
  • A-to-Z eRevistas/eBooks: lista dos títulos de livros e de revistas científicas acessíveis electronicamente em texto integral, total ou parcialmente, dependendo da cobertura temporal assinada.
  • Edições Digitais: edições em fac-símile e outras versões de monografias caídas em domínio público sobre a região do Minho e suas personalidades.

 

4 — Portal das Escolas

04portal escolas
O Portal das Escolas é o sítio de referência das escolas e constitui a maior rede colaborativa em linha da educação em Portugal.
O Portal das Escolas destina-se às comunidades educativas da Educação Pré-Escolar e dos ensinos Básico e Secundário, designadamente a docentes, a alunos, a pais e a encarregados de educação e a não docentes.

5 — Centros de Competência TIC

05CCTIC
Os Centros de Competência TIC (CC TIC) compreendem, ao momento, oito instituições que resultam de protocolos estabelecidos entre o Ministério da Educação, e as entidades em que estão integradas, na sua maioria instituições do ensino superior. A saber:

 

6 — Centro Virtual Camões

06logoic
Sítio na Internet do Instituto Camões para apoio ao ensino e aprendizagem do português, bem como para a divulgação da língua e cultura portuguesa.

7 — Read Ciências

07readciencias
Base de dados sobre recursos para o ensino, aprendizagem e divulgação das ciências, elaborada no Departamento de Física da Universidade de Coimbra, no âmbito de um programa de mestrado em Ensino da Física. As informações sobre recursos educativos (livros, software, vídeos, etc.) estão acessíveis “online” aos interessados. O projeto está aberto a todas as contribuições, nomeadamente das editoras, sendo a base de dados completada à medida que essas informações forem chegando.

8 — Associação de Professores de Matemática

08logo apm
A Associação de Professores de Matemática (APM) é uma associação portuguesa de professores ligados à educação matemática, que abrange todo o território nacional e todos os níveis de escolaridade, do ensino pré-escolar ao Ensino Superior.
Os seus objectivos são:

  • Promover o desenvolvimento do ensino da Matemática a todos os níveis;
  • Estimular o intercâmbio de ideias e de experiências entre as pessoas que se interessam pelos problemas da aprendizagem desta disciplina;
  • Apoiar e divulgar actividades relevantes para a aprendizagem da Matemática;
  • Promover a participação ativa dos professores de Matemática de todos os graus de ensino na discussão e implementação de novas práticas pedagógicas;
  • Fomentar o seu interesse e participação em projectos de investigação e de inovação pedagógica;
  • Intervir na definição da política educativa, especialmente no que respeita aos problemas do ensino da Matemática.

9 — Associação dos Professores de História

09logo aphistoria
Associação de Professores de História é uma associação científico-pedagógica de professores de História de todos os ciclos e graus de ensino e tem os seguintes objectivos:
em como objetivos::

  • Promover a formação contínua dos professores nas vertentes científica e pedagógico-didáctica;
  • Contribuir para a abertura de novos campos de experiência e inovação no ensino da História;
  • Desenvolver projectos de investigação/acção no âmbito da Educação Histórica;
  • Incentivar a Educação Patrimonial;
  • Participar de forma interventiva no debate sobre Educação, através do contributo da História;
  • Proporcionar contactos e trocas de experiências entre professores e outros agentes ligados ao ensino da História;
  • Estabelecer uma rede de relações com outras associações e entidades nacionais e estrangeiras ligadas ao ensino da História.

10 — APPI – Associação Portuguesa de Professores de Inglês

10APIngles
A Associação Portuguesa de Professores de Inglês — APPI é uma associação de professores ligados ao ensino da língua e da cultura dos países de expressão inglesa, com personalidade jurídica e sem fins lucrativos, que abrange todo o território nacional e todos os níveis de escolaridade.

Divulgar os trabalhos, trabalhando em casa

Há muitos professores talentosos que, no seu dia a dia, produzem materiais de qualidade que, de uma forma ou de outra, depois de utilizado algumas, acabam esquecidos. Com a internet é relativamente fácil divulgá-los. Há muitas plataformas onde os professores se podem inscrevem e “depositar os seus trabalhos de uma forma graciosa. No entanto, o que hoje aqui propomos é algo diferente. Trata-se de uma plataforma onde é possível ganhar dinheiro com o trabalho que produzimos. Vale bem a pena dar uma vista de olhos e testar o sistema. A “Go Freelance” é uma comunidade on-line para profissionais autónomos e empresas que procuram contratar peritos independentes especializados nas mais diversas áreas, onde se incluem, entre outros, professores, escritores, editores …