Ensinar e aprender com as TIC

Canaltic.com é um blogue espanhol dentro do espírito do que é o “professortic.ml“. Da autoria do professor Fernando Posada Prieto, o blogue mostra, publica e divulga com regularidade ideias, sugestões e reflexões sobre as TIC em contexto educativo.
Com a devida autorização do autor do blogue, traduzi e adaptei um interessante trabalho intitulado “Enseñar y aprender con las TIC“. São pouco mais de 80 slides que, de forma esquemática, sucinta e objetiva, nos levam numa viagem sobre o tema.

Esta apresentação pretende expor as tendências e experiências das TIC na atualidade. Partindo de uma breve análise do contexto académico propõe-se caminhar sobre as ferramentas e propostas de trabalho mais utilizadas. Tendo em conta um panorama tão vasto, denso e variado, sugerem-se algumas conclusões finais potencialmente úteis para a prática docente quotidiana.

http://www.professortic.ml/wp-content/uploads/2013/05/Uso_das_TIC_no_Ensino.pdf



Ligação: Canaltic.com

Phrase.it: Colocar texto em imagens

Phrase.it é um editor de imagens online gratuito que permite transformar uma imagem num cartoon, adicionando balões de fala e de pensamento às fotos. É super fácil de usar e os resultados são imediatos.

Exemplo simples de uma intervenção feita numa imagem.

Phaseit professortic
Primeiro é necessário carregar a imagem. Podemos fazê-lo diretamente do computador, importando do Facebook ou utilizando uma imagem aleatória do próprio sistema.
Depois é só escolher os tipos de balões de fala disponíveis e escrever as frases
Podemos também aplicar alguns filtros.
Depois de adicionar os balões de fala, podemos guardar o trabalho no computador numa imagem de alta resolução ou partilhá-la através do Facebook e nas outras redes sociais.
Não é necessário qualquer registo.

Ligação: Phrase.it

Os artigos mais lidos: Março 2013

Relação dos artigos mais vistos neste blogue durante o mês de Março.

logo-platformpro

  1. 10 programas de software livre para desenho 3D
  2. Mais 20 coisas que nunca devemos postar no Facebook
  3. 10 programas de Desenho com software livre
  4. 8 plataformas gratuitas para ensinar e aprender online
  5. 5 sites para editar e criar imagens online
  6. 10 sítios para criar gráficos online
  7. Como partilhar um Powerpoint e PDF no Facebook
  8. O Prezi como alternativa ao Power Point
  9. 10 sítios para fazer animações online
  10. 5 sítios para criação de conteúdos multimédia na sala de aula

Espero que todos os seguidores tenham tido uma Páscoa alegre e retemperadora para os desafios que aí vêm. Continuação de bom trabalho.


III Jornada Educação à Distância: o futuro da arte

O inevitável encontro entre educação e tecnologia estará em debate no próximo dia 6 de Abril na Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo, Brasil, na III Jornada Educação à Distância, subordinada ao tema “O futuro da arte”.

Este evento, organizado pela Artesanato Educacional e coordenadado por João Mattar, vai reunir especialistas no uso de tecnologias na educação e ensino à distância.

“Onde estamos e para onde caminhamos em Tecnologia Educacional e Educação a Distância? Redes Sociais, MOOCs, Tablets, Mobile Learning, Design Instrucional, Marketing de Busca, SEO, SEM, TDICs, Linguagens Líquidas, Educação Ubíqua, PLEs e Formação de Professores, dentre outros temas, serão debatidos por você e pelos principais especialistas no Brasil.”
O desafio não é simples mas exige respostas. Respostas que se esperam sejam dadas pelos contributos dos professores, educadores, estudantes, profissionais da area informática, gestores e todos os que se interessam pelo tema, público alvo da jornada.

Talk show

O evento não se resumirá à tradicional modalidade da palestra. Adotará o talk show como forma de socializar o conhecimento. A ideia é promover um cara a cara entre alguns dos maiores pesquisadores brasileiros em tecnologias aplicadas à educação, a exemplo de Lúcia Santaella (PUC-SP e USP), com mais de 30 anos de pesquisa na área de comunicação e semiótica, e João Mattar, um dos maiores especialistas brasileiros em agitação e articulação de redes sociais. Durante o talk show, será feito um retrospecto da carreira de Santaella, com provocações teóricas a respeito de seus principais conceitos como o de linguagem líquida e da possibilidade de, por meio das redes sociais, tornar a educação omnipresente.
Mattar falará sobre os desafios para uma incorporação bem-sucedida dos jogos e das redes sociais nos ensinos fundamental, médio e superior, bem como no âmbito empresarial. Refletirá ainda sobre os procedimentos e implicações dos cursos online abertos para públicos massivos, fenómeno que começa a ganhar espaço no Brasil.
A participação no evento é paga. Todavia, os interessados poderão seguir a jornada através das redes sociais, nomeadamente do Facebook e do Twitter.

Ligações:

10 sítios com imagens de utilização gratuita

Educar para os valores deve ser, em qualquer circunstância, uma preocupação permanente de todos os docentes. Nesse sentido, educar os jovens estudantes a utilizar materiais, sejam textos, imagens, filmes, desenhos, etc, respeitando os direitos de autor, deve estar também na primeira linha das preocupações.
Tal caminho é importante não apenas pelo respeito para com os criadores, mas também pela responsabilidade que cada um deve ter quando os utiliza, ao mesmo tempo que valoriza o trabalho de cada um e também uma tomada de consciência para o nosso próprio trabalho e para os direitos que temos sobre aquilo que produzimos.

Alguns posts atrás, fiz referência a um sítio com imagens Creative Commons. No entanto, há na internet muitos lugares onde é possível obter boas imagens de qualidade de utilização livre, sem infringir qualquer lei nem atentar contra os direitos dos seus legítimos autores. Escolhemos 10.

Author: Jon Sullivan: http://www.public-domain-photos.com/travel/yellowstone/morning-glory-pool-4.htm

Pics4Learning

Pics4Learning é um repositório de imagens livre especialmente pensado para utilização em questões de educação e ensino. Alunos e professores podem utilizar as fotografias e imagens na turma, em projetos multimédia, web sites, vídeos, portefólios ou em qualquer projeto de cariz educativo.

Wikimedia Commons

A Wikimedia Commons disponibiliza mais de 16 milhões de imagens de utilização livre e gratuita. Algumas imagens exigem que o autor seja citado, sempre que é utilizada. Nada mais justo.

Stock Xchng

Stock Xchng é um repositório de imagens de autor, com mais de 350 mil fotos de cerca de 30 mil fotógrafos de todo o mundo. Em alguns casos, devidamente assinalados, a utilização das imagens obriga à referência do seu autor.

Freerange Stock

Freerange Stock é um sítio criado com o objetivo de recolher fotos de alta qualidade. Qualquer pessoa pode submeter as suas fotografias para aprovação. Todas as fotos são de utilização livre e os seus autores são pagos através dos cliques dados pelos utilizadores.

Imagens de domínio público

PublicDomainPictures.net é um repositório de fotos gratuitas de domínio público.
São mais de Mais de 30 mil imagens organizadas por categorias. Disponível em várias línguas, entre as quais a portuguesa.

Public Domain Photos

Public Domain Photos tem disponíveis 5 mil fotografias e 8 mil clip art de utilização gratuita, tanto pessoal como comercial.

PD Photo

PD Photo é um repositório de imagens para utilização gratuita, embora haja sempre a recomendação de fazer referência aos seus autores, em especial em trabalhos de cariz comercial.

Cepolina

Cepolina disponibiliza cerca de 20 mil fotografias originárias de todo o mundo, organizadas em cera de 1400 categorias, como plantas, animais, carros, alimentos, etc. Cada imagem pode ser guardada em sies formatos diferentes (até 1600×1200 pixels).

Bigfoto

Bigfoto.com é um sítio, existente desde o ano 2000, que disponibiliza imagens com boa qualidade, tanto para uso pessal, como comercial, de forma gratuita. A maioria das imagens é de fotógrafos amadores que gostam de ver as suas fotografias partilhadas na internet.

Pixabay

Pixabay, como já aqui falámos num post anterior, fornece mais de 65 mil imagens de alta qualidade, de utilização gratuita.

Desenmascara.me: saber se um site é seguro

Quando naveganos na net há sempre a possibilidade de andarmos por sítios pouco seguros, potencialmente perigosos. Então, como saber se um sítio é um lugar vulnerável ou não? como é que sabemos que ao ingressar num determinado o sítio não podemos ser vítimas de roubo de identidade, por exemplo?

Desenmascara me
Há muitas soluções, umas mais sofisticadas que outras. A alternativa que propomos é uma ferramenta que nos ajuda a nos protegermos de sítio maliciosos.
Desenmascara.me é um sítio, em língua espanhola, que nos permite saber se um sítio é pouco seguro. Simplesmente temos que introduzir o URL (endereço do sítio) que queremos testar e o Desenmascara.me mostrar-nos-á as deficiências em termos de segurança do mesmo. Se a sua resposta é “Bem”, o sítio é seguro. Além do mais, oferece-nos outros dados, como o lugar onde o sítio está hospedado, o tipo de servidor, e também se está na lista negra do Google (safebrousing).

Fonte: Desenmascara.me

O porquê do sucesso educativo finlandês

Quando se quer falar de sucesso, olha-se para norte. Para o norte da Europa, para os países escandinavos, mais propriamente, em especial para a Finlândia. Todavia, muitas vezes falamos de cor.
O quadro que se segue, compara o modelo finlandês com o que se passa nos Estados Unidos e no Canadá, mas as ilações são óbvias.
E como uma imagem diz mais do que mil palavras, não há como olhar com atenção a infografia e perceber as razões para além do óbvio. Continuar a ler “O porquê do sucesso educativo finlandês”

Muito espaço grátis para hospedar sites e blogues

Na hora de ter um blogue ou um sítio próprio, personalizável, e feito à nossa medida, é preciso ter uma instalação própria. Recorrer às soluções prêt-a-porter pode ser interessante em várias situações, mas de uma forma ou de outra acabamos condicionados, em especial se pretendemos juntar aos nossos conteúdos alguns anúncios e com eles ajudar a pagar as despesas. Continuar a ler “Muito espaço grátis para hospedar sites e blogues”

16 formas para filtrar pesquisas no Google

O Google é hoje um ferramenta essencial. Melhor dizendo… o que seria de nós hoje sem o Google? Uma espécie de verdade de La Palisse que nos condiciona, é verdade, mas também que nos facilita a vida de tal maneira que não podemos passar sem ele.

Mas se o Google é indispensável nas nossas vidas de seres informados e à procura de mais e melhor informação, o motor de busca oferece alguns pequenos truques que nos ajudam a afinar as nossas pesquisas, evitando o lixo indesejável, levando-nos mais rapidamente ao encontro do que procuramos.

google_logo

Aqui vão 16 caminhos que podemos utilizar para filtrarmos melhor as nossas pesquisas:

MODIFICADOR

O QUE FAZ

EXEMPLO

filetype:

Pesquisa apenas resultados do tipo de arquivo designado (pdf, ppt, doc, etc)

II Guerra Mundial filetype: pdf

intitle:

Só mostra resultados com essa palavra no título e quaisquer outras palavras no corpo

vacina contra a gripe intitle: ajudar

definir:

Define uma palavra ou frase

definir: infinidade

link:

Procura por páginas que apontam para um determinado site

link:professortic.ml

site:

Pesquisas apenas um assunto num site particular

site:professortic.ml manual

OU

Procura por páginas que incluam uma ou outra palavra ou expressão

batido de baunilha ou receita de chocolate

“ ”

Pesquisas para a frase exata

“todos professores, todos alunos”

+, -, /, *

Calcula resposta de uma expressão matemática e mostra uma calculadora básica para realizar mais operações

8 + 7

~

pesquisa não só o termo de pesquisa mas também os respectivos sinónimos

~ telemóvel

*

Cria uma pesquisa com algo para completar

José Saramago casou-se com *

em

Pesquisas para conversões e traz uma calculadora de conversão

5 cm em pés

filmes:

Pesquisas para filmes e horários de exibição num código postal especial (no caso, na cidade de Lisboa)

filmes:1000

Omite uma palavra em pesquisas

pesca -robalo

..

Pesquisas para intervalos numéricos

smartphone de € 100 .. 300 euros

relacionado:

Procura por sites semelhantes

relacionado: www.professortic.ml

cafés:

Procura cafés na cidade referida.
Em vez de cafés podemos escolher outra palavra qualquer, seguida de dois pontos, e a zona onde queremos que seja efetuada a procura

cafés: Lisboa

A Educação nos EUA e no mundo

Qual a relação entre o investimento em educação e os seus resultados?
Não há fórmulas mágicas, no entanto, o quadro que a seguir reproduzimos, poderá ajudar-nos a ficar com algumas ideias para saber o que se faz pelo mundo. A infografia revela vários dados nessa relação de dependências variáveis que poderão dar algumas pistas, à considerção de cada um.
São comparados 12 países, mostrando o que cada um gasta em educação, quanto cada um gasta em cada criança ou educando, e alguns resultados desse investimento.
Como é facilmente verificável, não é linear a relação entre investimento e resultado final. Muito há que fazer, tanto nos países que mais investem, como naqueles que têm menos recursos.
Vale sempre a pena dar uma espreitadela.
U.S. Education versus the World via Master of Arts in Teaching at USC
Via: MAT@USC | Master’s of Arts in Teaching